LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN
No desenho de Emily Geneviève Smith, "Boats on the Beach", vemos representada uma cena do quotidiano madeirense, com o embarque de carga junto à praia do Funchal.
Em primeiro plano, encontram-se duas embarcações que transportam pipas, num mar algo agitado; em plano de fundo, surge o Forte do Ilhéu e outras embarcações, provavelmente para as quais se destina a carga das primeiras.
A autora, Emily Geneviève Smith, fez diversos desenhos e esboços da Ilha da Madeira durante a sua estadia de dois anos (1841-43), registando no seu diário apontamentos e notas detalhadas, que provavelmente utilizava depois nos seus "sketches".
O diário de Emily Smith leva-nos a contemplar a Madeira, tal como era vivida por uma família vitoriana em terras estrangeiras e elucida-nos sobre a vivência da comunidade britânica, as suas personagens e os seus conflitos, bem como a sua relação com a sociedade insular em meados do século XIX.
Fonte: “Obras de Referência dos Museus da Madeira, 500 anos de História de um Arquipélago”; SRE/DRAC/DSM; 2009. [entrada de catálogo nº. 156].
Boats on the Beach. Madeira| Atribuído a Emily Geneviève Smith (1816-1877) | 1843 | Aguarela sobre papel | A. 15 x L. 21 cm| MQC 1067 | ©PedroClode2009
Créditos: Museu Quinta das Cruzes
boatsonthebeacho