LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN
Festas e Romarias da Madeira. O Espaço e a Festa. 
Museu Etnográfico da Madeira.
Uma das caraterísticas das festas populares é a forma como a população “apropria-se” do espaço à volta do santuário, decorando o adro da igreja e vias públicas com bandeiras, arcos de verduras, flores e cordões de iluminação multicolor, para celebração da festa.
A par da iluminação, o som também é uma componente muito importante, na preparação das festas e romarias e é, geralmente, o primeiro elemento a ser montado.
Utilizado, antigamente, apenas para os atos religiosos, como as novenas, o som era transmitido por grandes altifalantes, como este exemplar que divulgamos, os quais eram colocados, geralmente, na torre das igrejas. Posteriormente, passou a ser utilizado como som ambiente, na preparação e durante as festas. Ao longo do tempo, as empresas usaram diferentes dispositivos, para armazenar a música, sendo os mais antigos as bobines.

Com o tempo, muitos destes hábitos foram se perdendo. As flores de papel deram lugar a flores de plástico, as bobines de som tornaram-se obsoletas, as lâmpadas tradicionais foram substituídas pelas modernas lâmpadas LED, mais pequenas e com maior durabilidade e, gradualmente, o trabalho foi entregue a empresas privadas, encarregues da iluminação da festa, embora algumas empresas procurem manter viva a tradição, utilizando, ainda alguns antigos artefactos, nomeadamente de iluminação.

son