LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN
O fabrico de pequenas figuras de barro constituiu uma atividade onde se revelaram alguns artistas, muitas vezes desconhecidos, que produziam peças para ornamentação dos tradicionais presépios madeirenses, as "lapinhas", modelando interessantes exemplares, que compunham o relato místico e profano dos presépios, em forma de rochinha, que representavam a orografia da ilha da Madeira.
Designadas genericamente de "pastorinhos", representavam figuras religiosas e cenas do quotidiano, com alusão às profissões tradicionais, como é o caso deste conjunto de borracheiros, pertencentes ao acervo do museu.
Entre os portosantenses existiu, durante longos anos, a tradição deste tipo de figurado em barro. Aproveitando os recursos disponíveis na ilha, muitos artesãos produziam as mais variadas figuras, para recheio das "lapinhas" .
Com o tempo, esta tradição foi desaparecendo. Contudo, ainda existiam barristas que, no século XX, perpetuavam esta arte, inovando, como José Vasconcelos, autor destas peças.
Créditos: Museu Etnográfico da Madeira
 
barron