LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN

Do núcleo de ourivesaria do Museu Quinta das Cruzes, fique a conhecer a peça Nautilus. 
A denominação Nautilus provém do latim e do grego que significa “marinheiro”. 
Este animal é considerado um fóssil vivo. Faz parte da família dos moluscos e encontra-se nos oceanos Indico e Pacífico. 
Apresenta a forma de concha em espiral, estando dividida interiormente por várias câmaras, sendo que última acolhe o corpo do animal. O seu interior apresenta camada brilhante, semelhante à madrepérola. 
Este tipo de material natural foi muito utilizado no século XVI e XVII, para o fabrico de vários objetos, como é o caso da Taça apresentada, e remete-nos para o gosto pelo exótico muito em voga neste período. 
O Nautilus simboliza a beleza e a perfeição, bem como, a evolução espiritual, a complexidade e o desenvolvimento da mente. 

Taça. 
Alemanha, século XVII. 
Prata dourada e relevada; concha gravada e incisa. 
Alt. 33. 
MQC 1784. 
©Arquivo MQC.

taca1 n

taca2 n