LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN

Nasceu em 1961, Mangualde. Vive e trabalha em Lisboa. Frequentou o curso de Pintura na ESBAL. 
José Loureiro tem realizado várias exposições individuais e coletivas em instituições privadas e públicas, em Portugal e no estrangeiro, desde 1987, ano em que participou em várias exposições coletivas: V Bienal de Artes Plásticas, Vila Nova de Cerveira, Portugal;“Kiasm, Creation Plastique”, Lisboa / Nápoles; “Verde Muco”, ESBAL, Lisboa; “Exposição de arte moderna”, Sociedade Nacional de Belas-Artes, Lisboa; “Manobras do século”, Lisboa.
As suas primeiras exposições individuais acontecem em 1988: “José se quiseres come as sardinhas todas”, Galeria Ether, Lisboa, e “Lumaréu”, Galeria Diferença, Lisboa. De entre muitas, destaque para a sua participação em algumas coletivas: “1ª edição do Prémio EDP de Pintura | Desenho”, Lisboa, em 2000;“Contemporary Art from Portugal”, European Central Bank, Frankfurt, em 2002; “O Poder da Arte”, Serralves na Assembleia da República, em 2006; “Arriscar o Real”, Museu Coleção Berardo, Lisboa, em 2009; “O Fio Condutor – Desenhos da Coleção do CAM”, Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, em 2010; “Riso”, Fundação EDP, Lisboa, 2012.
Está representado em coleções públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, das quais destacamos algumas: Coleção Berardo, Coleção Fundação Centro Cultural de Belém, Coleção EDP, Coleção Caixa Geral de Depósitos, em Lisboa; European Investment Bank, Luxemburgo; Hiscox, Londres; European Central Bank, Frankfurt; MUDAS.Museu de Arte Contemporânea da Madeira.
Pela Madeira passou em várias ocasiões: na Porta 33, em três mostras individuais e uma coletiva, em 1994, 2004, 2011 e 2006, respetivamente, e no Museu de Arte Contemporânea do Funchal (atual MUDAS.Museu), na coletiva “Feitorias”, em 2008.

Créditos: MUDAS.Museu de Arte Contemporânea da Madeira.

joseloureiromudas