LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN

Os CTT apresentaram uma emissão filatélica, dedicada ao Museu de Fotografia da Madeira - Atelier Vicente’s. Esta coleção é composta por três selos (envio nacional, europa e resto do mundo), com uma tiragem de 100 mil exemplares cada, e por um bloco filatélico com um selo, numa tiragem limitada a 35 mil exemplares.
A emissão filatélica presta tributo às origens do Museu de Fotografia da Madeira - Atelier Vicente's, que assenta sobre um dos dois únicos estúdios de fotografia oitocentistas existentes em Portugal. Adquirido originalmente em 1865 por Vicente Gomes da Silva (1827-1906), possui entre o seu acervo um valioso arquivo fotográfico, com cerca de milhão e meio de exemplares, que remontam até a década de cinquenta do século XIX, que não só contém imagens da Photographia Vicente’s, como também espólios de outros fotógrafos profissionais e amadores como Alberto Camacho Brandão (1884–1945); Alexander Lamont Henderson (1838–1907); Aloísio César Bettencourt (1838-1895); Augusto João Soares (1885-1970); Major Charles Courtney Shaw (1878–1971); Foto Figueiras (1930-1988); Francisco João Barreto (1877-1934); Gino Romoli (1906–1982); João Anacleto Rodrigues (1869-1948); João António Bianchi, Visconde Vale Paraíso (1862–1928); João Francisco Camacho (1833-1898); Joaquim Augusto de Sousa (1853–1905); José Raphael Basto Machado (1900-1966); Perestrellos Photographos (1890-1998); Thomas Russel Manners Gordon , 3.º Visconde e 1.º Conde Torre Bela (1829–1906), entre tantos outros.
Os selos apresentam composições de várias imagens da Photographia Vicente e fotografias atuais, captadas por Marco Gonçalves, docente do Serviço Educativo do Museu. O selo para envio nacional apresenta uma imagem do atelier da Photographia Vicente, captada em 1913; a câmara fotográfica de estúdio construída em 1885 por Vicente Gomes da Silva Júnior, com quadro intermediário e lente Dallmeyer 3-B Nº 1 1 656; e uma câmara fotográfica Voigtlander Bessa, datada de 1929 a 1956.
O selo para envio para a europa é ilustrado com uma imagem atual da escadaria de entrada para a exposição permanente do Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente’s, um retrato de Vicente Gomes da Silva, Júnior (1857-1933) e uma máquina fotográfica Kodak Nº 3A Folding Autographic Special, de 1916.
No selo para envio para o resto do mundo figura a fachada principal da sede da Photographia Vicente, à Rua da Carreira (imagem captada entre 1913-1920); uma câmara fotográfica Polaroid Land Model 95 B, de 1957; e a câmara fotográfica Rolleiflex E, datada de 1956.
O bloco filatélico apresenta uma única fotografia, com a aparência atual do atelier do Museu de Fotografia da Madeira. No friso à esquerda, observa-se ainda uma máquina fotográfica Kodak Nº 2 Folding Autographic Brownie.
Esta coleção filatélica, cujo design foi da autoria de Túlio Coelho do Atelier Design & etc, pode ser adquirida nas lojas dos Restauradores em Lisboa, Munícipio II no Porto, Antero de Quental em Ponta Delgada e Zarco no Funchal.

109753941 180447026824718 7485452896085083506 n

109753449 180447016824719 8227151263925946284 n

109971057 180447013491386 9053274119400210000 n

110155046 180447010158053 4844702174966037131 n