LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN
Escritor irlandês premiado com o prémio Nobel da Literatura (1925). Foi também jornalista, ensaísta, romancista e dramaturgo, sendo que a sua peça teatral “Pygmalion” adaptada para filme em 1938, foi premiada no ano seguinte pela Academia de Cinema dos Estados Unidos da América com o Óscar de melhor argumento adaptado. Esteve hospedado no Reid’s Palace Hotel entre 30 de dezembro de 1924 e 12 de fevereiro de 1924, numa estadia noticiada internacionalmente como “cura de sol”. Esta permanência foi produtiva, não só a nível literário, como também a nível pessoal, tendo aprendido a dançar tango com o professor de dança Michael Rinder. Shaw retornou à Madeira poucos anos mais tarde, numa estadia mais curta, entre 9 e 10 de dezembro de 1932.
Créditos: Museu de Fotografia da Madera - Atelier Vicente's.
georgeshawo
 
PERESTRELLOS PHOTOGRAPHOS
George Bernard Shaw a receber lições de dança de Miss Hope du Barri e de Michael Rinder, nos jardins da Quinta Pavão, Funchal | Entre 1924-12-30 e 1925-02-12
23,7 x 17,7 cm | Negativo simples, vidro | Gelatina sal de prata

MFM-AV, Inv. PER/2317