LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN

O Museu de Fotografia da Madeira - Atelier Vicente's assinala hoje o Dia Internacional da Mulher, uma data reconhecida oficialmente pela Organização das Nações Unidas (ONU) desde 1975, que pretende alertar para a igualdade e para os direitos e conquistas no feminino.

Para evocar esta efeméride, partilhamos o retrato de Luísa Susana Grande de Freitas Lomelino (n. Portalegre, 15/2/1875; f. Funchal, 10/12/1945). A escritora, que ficou conhecida pelo pseudónimo de Luzia, viveu grande parte da sua vida na ilha da Madeira, nomeadamente no Funchal e no Jardim do Mar.
Em termos literários, Luzia desenvolveu uma obra de pendor autobiográfico que fazia crítica à sociedade da época e às clivagens socioeconómicas então existentes, razão pela qual a sua escrita foi por vezes equiparada à de Eça de Queiroz. Fazem parte do seu percurso literário obras como "Os que se divertem, a comédia da vida" (1920); "Cartas do campo e da cidade" (1923);"Almas e terras por onde passei" (1936), entre outras.

luisalomelino

PHOTOGRAPHIA VICENTE
Retrato de Luísa Susana Grande de Freitas Lomelino | 12-3-1901
6 x 9 cm | Negativo simples | Gelatina sal de prata
MFM-AV, Inv. VIC/24743
Em depósito no ABM