LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN

Celebra-se hoje o 194.º aniversário do nascimento de Vicente Gomes da Silva (n. Funchal, 12/3/1827; f. Funchal, 14/12/1906), empreendedor madeirense que se notabilizou nas artes e ofícios como gravador, pintor, escultor, desenhador, fundidor e ainda como fotógrafo.

Foi um distinto membro da sociedade Funchalense, tendo feito parte, em 1852, da Comissão encarregue da receção à imperatriz Amélia, Duquesa-viúva de Bragança (1812-1873) e sua filha, princesa D. Amélia (1831-1853).
Apesar de ter iniciado o seu percurso profissional em 1846, como gravador, cuja excelência lhe garantiu em 1853, o título de gravador de Sua Majestade a Imperatriz do Brasil, Duquesa de Bragança, foi como fotógrafo que se notabilizou. Fundou a Photographia Vicente, uma das mais prestigiadas casas fotográficas da ilha e do país de então, que perdurou por mais de cem anos. Autodidata e poliglota, iniciou-se nas práticas fotográficas por volta de 1852, através de literatura importada de França e Inglaterra, sendo considerado o propulsor da fotografia (Daguerreótipo e colódio Húmido) e da imagem estereoscópica na Madeira. Retratou as mais distintas personalidades da sua época, entre as quais se destaca a Imperatriz da Áustria, Elizabeth von Wittelsbac, mais conhecida por Sissi, que lhe concedeu em 1866, o título de "Photographe de Sa Majesté I'Impératrice d'Autriche".
Para além de empresário, com estabelecimento comercial de venda de artigos variados e prestação de serviços de gravura e fundição, foi ainda professor de desenho no “Colégio Funchalense” de Júlio da Silva Carvalho e colaborou com a imprensa não só com gravuras para o "Agricultor Madeirense", "Estudo", “A Liberdade” e "Archivista", como também com crónicas no jornal "A Voz do Povo".
O seu legado perdura ainda hoje, materializado não só no seu antigo atelier da rua da Carreira, que é um dos dois únicos estúdios fotográficos oitocentistas existentes em todo o país, e onde hoje assenta o Museu de fotografia da Madeira – Atelier Vicente’s, como também nos vários milhares de espécimes fotográficos que produziu, que relevam importantes aspetos da paisagem e sociedade madeirense da sua época.
Créditos: Museu de Fotografia da Madeira - Atelier Vicente´s.
vicente1o
PHOTOGRAPHIA VICENTE
Retrato de Vicente Gomes da Silva, Sénior | Década de 1860
10,7 x 8,3 cm | Negativo simples, vidro | Colódio
MFM-AV, Inv. VIC/3859
Em depósito no ABM
 
vicente2o
 
PHOTOGRAPHIA VICENTE
Cais de madeira, construído e embandeirado para a receção a Hermenegildo Capelo e Roberto Ivens, na sua passagem pela cidade do Funchal, freguesia da Sé, concelho do Funchal| 1885-09-12
16,5 x 21,5 cm | Negativo simples, vidro | Gelatina sal de prata
MFM-AV, Inv. VIC/4262
Em depósito no ABM
 
vicente3o
PHOTOGRAPHIA VICENTE
Vista da freguesia do Porto da Cruz e da Penha d'Águia, a partir da Portela, concelho de Machico| Segunda metade do século XIX
8,2 x 8,7 cm | Negativo simples, vidro | Colódio
MFM-AV, Inv. VIC/99
Em depósito no ABM