LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN

Sabia que? Na Madeira, presépio é designado por "lapinha". A origem etimológica da palavra deriva da lapa de Belém, onde é figurado o nascimento do Menino Jesus.

A armação do presépio ou "lapinha", na época natalícia, constitui um ritual carregado de simbolismo. Revelando emoções, que se renovam anualmente, retrata a alma de um povo crente, que teima em preservar as suas tradições.

A configuração dos presépios madeirenses sofreu, no entanto, alterações ao longo dos tempos.Antigamente, o Menino Jesus era entronizado em escadinhas ou pirâmides aos degraus ou mesmo colocado sobre uma mesa, costume ainda presente em algumas unidades domésticas, especialmente nas zonas rurais.

Mais tarde, generalizou-se o uso da chamada "rochinha", na qual se utilizam os recursos naturais disponíveis, nomeadamente rocha, socas de cana ou vimieiro, cortiça ou papel pintado. Nas casas mais abastadas existiam os presépios de caixa, miniaturas integradas em caixas, com parte frontal em vidro ou abrindo em porta.
Hoje vários artesãos dedicam-se à confeção de estruturas e figuras de presépios, utilizando diferentes matérias- primas: o barro, a cera, a madeira, o papel, a palha de milho, de trigo ou de bananeira.

Créditos: 600 Anos da Madeira e Porto Santo

4 tema presepios4