LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN

O balamento ou belamente, como é popularmente designado, é um jogo tradicional madeirense, que realiza-se entre duas pessoas, 8 a 10 dias antes do término da Páscoa e é uma das tradições que tendem a cair no esquecimento ou até mesmo a desaparecer.
Trata-se de um jogo com regras simples. Ganha aquele que, durante esses dias estipulados, disser em primeiro lugar a palavra “balamento”. A pontuação vai de 8 a 10. Em caso de empate os jogadores deverão combinar no último dia (Sexta-feira Santa) uma determinada hora, para voltar a jogar e assim ditar o vencedor.
O vencido é obrigado a oferecer os tradicionais “torrões” de açúcar ou mais recentemente amêndoas ou outros doces.
Segundo o historiador Alberto Vieira, “balamento” significa o acto de fazer “balas”, e poderá ser tão antiga como a nossa época áurea da produção do açúcar, durante a qual, houve madeirenses que foram para o Brasil e lá iniciaram aquela indústria com engenhos também construídos por madeirenses. Portanto, quem perdesse o jogo, teria de fabricar “balas”. Por isso, o ganhador dizia alto: “balamento”, normalmente apontado o dedo – sinal de obrigação.

Museu Etnografico da madeira
Texto: João Carlos Terra-Boa
Fotografia: Florêncio Pereira

Créditos: Museu Etnográfico da Madeira

MEMDocesacucar