LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN

FatosCuriosidadesABM1979: Foi criada a Sala de Documentação Contemporânea, situada na rua dos Ferreiros. Foi fundadora e primeira diretora a pintora Sara Maria de Portugal. 
1982: Esta instituição tornou-se beneficiária do Depósito Legal de publicações, ao abrigo do decreto-lei n.º 74/82, de 3 de março. 
2003/2004: Foi instituída Biblioteca Pública Regional, pelo decreto regulamentar regional n.º 14/2003/M, de 23 de maio. Em 2004 transferiu-se para um novo edifício situado no Caminho dos Álamos, Santo António, partilhado com o Arquivo Regional da Madeira. 
2016: Fusão das duas instituições, passando a designar-se Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira.
2020: Com a publicação do Decreto Regulamentar Regional n.º 7/2020/M, que aprova a orgânica da Secretaria Regional de Turismo e Cultura (SRTC), foi criada a Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira. Neste enquadramento, e na qualidade de sucessora do Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira, foram-lhe cometidas atribuições no âmbito dos arquivos e das bibliotecas, da divulgação cultural e da investigação da história insular.
3 Salas de Leitura – Uma Sala de Leitura Geral, uma Sala infantojuvenil e uma Sala de Leitura Especial (cegos e portadores de baixa visão).
21 mil espécies bibliográficas disponíveis para empréstimo domiciliário.
300 mil espécies bibliográficas disponíveis para consulta e empréstimo, em depósito.
376 mil espécies bibliográficas disponíveis no catálogo.
Cerca de 25 mil leitores com cartão.
Diversas coleções de particular interesse e valor: Coleção Diário de Notícias; Coleção de legislação; Coleção iconográfica (constituída por postais, cartazes, gravuras, desenhos, mapas e por outro material não livro); Reservados (inclui as coleções do ABM com maior valor e importância patrimonial).

Créditos: Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira