LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN

O epidiascópio ou lanterna mágica, é um aparelho de projeção de imagens translúcidas coloridas à mão sobre vidro, que remonta ao século XVII. Foi precursor do projetor de diapositivos e do cinema, tendo cumprido várias funções ao longo dos tempos: brinquedo ótico, instrumento de entretenimento para o lar ou para as massas em feiras ambulantes, e recurso pedagógico nos meios académicos e outras atividades sociais. Consiste essencialmente, numa câmara escura com uma objetiva acoplada no seu frontispício, contendo no seu interior lentes de condensação, um espelho que reflete para diante a luz que, no passado, era emitida por uma chama (vela, gás, querosene, etc.), por um gasómetro (carboneto de cálcio) ou pelo sol e, no final do século XIX, pela lâmpada elétrica. As placas de vidro que continham normalmente ilustrações fabulosas ou sobrenaturais, eram colocadas numa ranhura entre a objetiva e as lentes de condensação, sendo assim projetadas para uma parede branca ou através de uma tela fina. Poderiam ser projetadas imagens avulsas ou então, uma sequência que contasse uma história, por vezes abrilhantadas com efeitos primários de animação através de movimentos mecânicos operados por alavancas, máscaras sobre os vidros, movimentos óticos da objetiva e por pequenas marionetas. Para as mentes impressionáveis do passado, poderia ser um espetáculo verdadeiramente aterrador, especialmente quando desconheciam a tecnologia que se escondia na penumbra por detrás da tela, de onde surgiam aparições monstruosas, acompanhadas de efeitos sonoros fantasmagóricos.
O Museu de Fotografia da Madeira dispõe de algumas lanternas mágicas, das quais três se encontram em exibição. Nas imagens que ilustram este texto, vemos um desses exemplares, na variação de lampascópio (lanterna mágica concebida para assentar sobre um candeeiro a óleo doméstico e assim utilizar sua luz) que foi fabricado pelo parisiense Louis Aubert, ca. 1880, e também um conjunto de placas de vidro translúcidas coloridas à mão, que eram projetadas por estes aparelhos.
Fotografias por Marco Gonçalves.

[MG]

Créditos: Museu de Fotografia da Madeira - Atelier Vicente's.

laternamagica2vicentes

laternamagica1vicentes