LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN
Produtos de Higiene Pessoal.
No século XVIII, a maioria das pessoas das classes mais abastadas raramente tomava banho. Ocasionalmente lavavam o rosto e as mãos, e mantinham-se limpas trocando os tecidos brancos que usavam por baixo das suas roupas.
Gradualmente, o conceito de limpeza mudou. No final do século XVIII, o banho tinha ganho aceitação entre os abastados como uma nova forma de cuidados pessoais e como um caminho para a limpeza.
No século XIX, os cuidados corporais tornaram-se algo que as pessoas pensavam distingui-los das classes mais baixas. Os corpos e as mãos limpas passaram a representar a inclusão social. Avanços na indústria, canalização, arquitetura e ciência ajudaram a difundir a prática do banho e da lavagem das mãos. O fabrico e a promoção do sabonete também desempenharam um papel importante na promoção da limpeza como um estilo de vida desejável e apelativo. No final do século, as pessoas começaram a perceber a relação entre a limpeza e a saúde. Desde então, os produtos de higiene pessoal têm-se tornado cada vez mais populares.
Um dos usos mais antigos do perfume vem da queima de incenso e ervas aromáticas para serviços religiosos. Embora textos antigos e escavações arqueológicas comprovem o uso de perfumes em algumas das mais antigas civilizações humanas, a perfumaria e os cosméticos modernos emergiram no final do século XIX com a produção comercial sintética de compostos aromáticos como a vanilina ou a cumarina, o que permitiu a composição de perfumes com cheiros anteriormente inatingíveis apenas a partir de aromáticos naturais.
O perfume nasceu como expressão do rito e prerrogativa de uma elite, mas ao longo dos séculos foi submetido a uma democratização gradual. Passou então de um elemento sagrado a um acessório de luxo, de um instrumento sedutor a um precioso remédio terapêutico. Nos dias que correm, o perfume já não é um atributo dos mais abastados, mas goza de uma utilização generalizada e acompanha a vida quotidiana como uma expressão única e original da nossa identidade.

Do público ao privado, e da beleza à saúde, a higiene pessoal sofreu várias mudanças e o mundo da perfumaria tornou-se uma indústria global em vez de um artesanato de luxo. Hoje em dia, os produtos de higiene pessoal são uma indústria em expansão, com uma variedade esmagadora de produtos.

cantinho