LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN

Espaços do Centro Cultural John Dos Passos

CASA-MÃE
A Villa Passos, casa construída no século XIX e que hoje é a sede do Centro Cultural John Dos Passos, foi propriedade de familiares do escritor. Posteriormente, foi sede da Junta de Freguesia da Ponta do Sol e da Biblioteca Municipal. Em 1996, no centenário do nascimento de John Dos Passos, o Governo Regional da Madeira adquiriu o imóvel. Pouco depois, iniciaram-se as obras de restauro, mantendo-se, sempre que possível, a traça arquitetónica original. A 20 de Setembro de 2004, Sua Excelência o Senhor Presidente do Governo Regional da Madeira, Dr. Alberto João Jardim, inaugurava, então, o Centro Cultural John Dos Passos, contando com a presença de Lucy dos Passos Coggin, que, acompanhada do marido e da filha, estiveram presentes na homenagem ao seu pai, o afamado escritor John Dos Passos.
Para além dos serviços Administrativos e da Exposição Permanente “Vida e Obra de John Dos Passos”, a Villa Passos alberga ainda os seguintes quatro espaços:

● BIBLIOTECA DRA. CARMO DA CUNHA SANTOS
O Centro Cultural John Dos Passos tem uma biblioteca, a Biblioteca Dra. Carmo da Cunha Santos, que é composta por um acervo bibliográfico variado, quer a nível temático, quer a nível da nacionalidade dos autores. Neste espaço podemos encontrar ainda publicações periódicas, material não livro e ainda alguns livros em Braille. Os livros, na sua maioria, podem ser requisitados. Deste acervo constam, atualmente, cerca de 6.000 livros, todos resultantes de doações de diversas entidades públicas, nomeadamente da Embaixada dos Estados Unidos da América em Lisboa, da FLAD, entre outros, e de particulares como Lucy dos Passos Coggin, filha do escritor John Dos Passos e de Maria do Carmo da Cunha Santos, até à data a principal doadora.
Esta biblioteca é de acesso livre e compreende os seguintes serviços: serviço de referência, serviço de publicações periódicas, serviço de apoio à investigação, serviço de difusão seletiva de informação, serviços educativos, serviço de empréstimo e serviço de fotocópias. Existe ainda uma secção dedicada ao público mais jovem com publicações infanto-juvenis.

● SALA DE RESERVADOS DR. JOHN RANDOLPH DOS PASSOS
Manoel Joaquim Dos Passos, nascido na Ponta do Sol em 1812, emigrou para os EUA em 1830, com apenas 18 anos de idade. Viveu em Baltimore e em Filadélfia, casou com Ann Cattell e, entre a sua prole numerosa contava-se John Randolph dos Passos (1844-1917), advogado, casado com Lucy Addison Sprigg (pais do internacionalmente conhecido escritor John Dos Passos). É nesta sala, que ostenta o seu nome, que se concentra o espólio monográfico mais importante do Centro Cultural.
O seu acervo é composto por bibliografia ativa (obras do escritor John Dos Passos) e bibliografia passiva (obras sobre John Dos Passos ou que a ele fazem referência). Aqui é possível encontrar obras de John Dos Passos traduzidas em 18 línguas, entre elas, português, inglês, francês, alemão, espanhol, italiano, húngaro, polaco, russo, servo-croata, finlandês, japonês, esloveno, sueco, romeno, grego, dinamarquês e holandês. A Sala de Reservados é de acesso restrito e de consulta presencial por se tratar do acervo mais importante deste Centro Cultural.

● QUARTO DE DORMIR DO SÉC. XIX
O quarto de dormir do Centro Cultural John Dos Passos (sala Manoel Joaquim Dos Passos) é dedicado aos avós de John Dos Passos. É um espaço museológico e do seu mobiliário destacam-se a cama de coluna baixa, mesa-de-cabeceira, uma cómoda e um lavatório em madeira de vinhático. Podemos contemplar, ainda, um crucifixo, um quadro com a Sagrada Família e outro em barro, uma máquina de costura manual, pequenos objetos de toilette do século XIX e uma coleção de saboneteiras e jarros em loiça, da mesma época, da Faiança da Fábrica d’Alcantra e coleção Lily of the Valley de Ironstone.

● COZINHA DO SÉC. XIX
Também de índole museológico, esta cozinha tradicional madeirense caracteriza-se por seguir o estilo do início do século XIX com o seu forno a lenha. Contém utensílios típicos da cultura madeirense como a amassadeira de pão, o tabuleiro de madeira, candeeiros a petróleo, panelas de ferro e cuscuzeiro. Para além destes objetos, e nos seus armário-vitrine, é possível encontrar uma coleção de loiça de Sacavém. Oferece, também, ao visitante a possibilidade de visualizar todo o processo de amassar e cozer o pão no forno a lenha através de quadros.
Em articulação com a Casa do Povo da Ponta do Sol, têm tido lugar em datas assinaladas para a gastronomia e costumes madeirenses os workshops “Na cozinha com John dos Passos”.


AUDITÓRIO
O auditório do Centro Cultural John Dos Passos acolhe anualmente as mais variadas atividades. Desde a música ao teatro, sessões de cinema, passando por conferências, colóquios e, ainda, atividades de índole educativo.
Por ele já passaram grandes nomes do teatro português como Ruy de Carvalho, Marina Mota, Ana Bola e Florbela Queiroz. Tem uma capacidade para 180 lugares sentados.


Portaria n.º 131/2012 - Estabelece as taxas a cobrar pela cedência e utilização dos auditórios da Secretaria Regional do Turismo e Cultura.
Requerimento - Formulário para cedência e utilização de auditórios e espaços congéneres


Retroceder

Tutela:
Direção Regional da Cultura

Morada:
Rua do Príncipe D. Luís, n.º 3
9360-218 Ponta do Sol

Telefone:
(351) 291 974034

Fax:
(351) 291 974036

E-mail:

Website:
https://cultura.madeira.gov.pt/centro-cultural-john-dos-passos

Horário de funcionamento:
Segunda a Sexta: 09.00-12.30 e das 14.00-17.30
Encerrado: Sábados, Domingos e Feriados.