LogoCmadeira2020

LogoSRTC2020

PT EN

John (Roderigo) Dos Passos

Dos Passos (…) “The greatest writer of our time”
Jean-Paul Sartre. In Dos Passos, The Critical Heritage, London and New York: Routledge, 1988, p. 3.

O escritor e a Ponta do Sol
“A certidão de baptismo de Manuel Dos Passos apresenta a data de 1812. Nasceu em Ponta do Sol, uma minúscula povoação enterrada numa fenda profunda da montanha, umas milhas a leste do Funchal, que é a capital da Madeira. Os barcos de pesca são içados lá em baixo, na praia coberta de seixos, e nas encostas sobranceiras à praia há as vinhas, e terras de cultivo irrigadas, em socalcos, que sustentam a população. Enquanto eu ia crescendo pensava que a família do meu pai era composta por agricultores, mas na realidade parecem ter sido homens das casas de contas, e das escritas, notários, funcionários de pequena categoria. Nos ramos colaterais houve padres. Na praça central, uma residência de aspecto sólido, com as sete estrelas da Ursa Maior gravadas sobre a porta, é conhecida ainda pelo nome de Vila Passos.”
John Dos Passos, in Os Melhores Tempos, pp. 12 e 13.

“Desculpem eu não falar a língua dos meus avós. Como sabem o meu avô deixou a Ponta do Sol há muito mais de cem anos. É deveras enternecedor para mim ser recebido com tão grandeza gentileza e consideração. […] Mais tarde o meu pai tornou-se cada vez mais interessado a respeito da Madeira e das suas raízes portuguesas. Quando eu tinha oito anos trouxe-me, por algumas semanas ao Funchal. Assim quando aqui cheguei há dias reconheci os rochedos cor púrpura, o mar azul, os mergulhadores e as pequenas lagartixas que correm através dos jardins do Reid’s Hotel. Recordo amável hospitalidade de amigos e parentes da Madeira”.
In Eco do Funchal, 24 de Julho de 1960, pp. 1 e 2


BIOGRAFIA BREVE
1896 John Roderigo Dos Passos nasce a 14 de janeiro em Chicago, Illinois, filho de John Randolph Dos Passos e Lucy Addison Sprigg Madison.
1897- 1900 Passa a sua infância viajando pela Europa, acompanhado pela mãe.
1905 Primeira visita à Ilha da Madeira acompanhado pelo pai.
1907-1911 Frequenta a escola Primária de Choate School em Wallingfort, Connecticut, onde publica o seu primeiro trabalho no jornal da escola.
1912 Entra para a Universidade de Harvard para o curso de Letras. Tem a oportunidade de privar com E.E. Cummings, Gilbert Seldes e Dudley Poore.
1916 Gradua-se com mérito e muda-se para Espanha onde estuda arquitetura.
1917 Alista-se como voluntário na unidade de ambulâncias de Norton-Harjes para cumprir serviço em França.
1919 Durante a sua estadia em Espanha escreve Three Soldiers.
1921 A obra Three Soldiers é publicada em Nova Iorque por George H. Doran. Breve Passagem pela Ilha da Madeira na companhia do escritor e amigo E.E. Cummings.
1923 Primeira exibição das suas pinturas no Whitney Studio Club. Inicia a obra Manhattan Transfer.
1925 Torna-se membro do conselho executivo do jornal New Masses da esquerda radical. Manhattan Transfer é publicado em novembro.
1930 Publica The 42nd Parallel.
1932 Publica 1919.
1934 Publica In All Countries e Three Plays: The Garbage Man.
1936 Publica Big Money.
1938 Publica a trilogia U.S.A. – The 42nd Parallel, 1919 e The Big Money.
1945 Permanece como correspondente durante a Segunda Guerra Mundial para a Revista Life e depois da guerra reporta o julgamento dos crimes de guerra de Nuremberga.
1947 Eleito para a Academia Americana de Artes e Letras.
1957 Recebe a Medalha de ouro na categoria de Ficção do Instituto Nacional de Artes e Letras, EUA.
1960 Com a esposa, Elizabeth Hamlin Dos Passos, e a filha Lucy, visitam a Ilha da Madeira onde foram recebidos pelos parentes e autoridades locais.
1966 Publica The Best Times: An Informal Memoir.
1967-1968 Viaja por Portugal, Itália e Estados Unidos da América.
1969 Publica The Portugal Story.
1970 Morre em Baltimore, Maryland, a 28 de setembro.


Retroceder

Tutela:
Direção Regional da Cultura

Morada:
Rua do Príncipe D. Luís, n.º 3
9360-218 Ponta do Sol

Telefone:
(351) 291 974034

Fax:
(351) 291 974036

E-mail:

Website:
https://cultura.madeira.gov.pt/centro-cultural-john-dos-passos

Horário de funcionamento:
Segunda a Sexta: 09.00-12.30 e das 14.00-17.30
Encerrado: Sábados, Domingos e Feriados.